Partido Popular

Porque ainda há esperança!

A Nação cabo-verdiana padece de muitos males, pese embora o balanço positivo que se constata no seu percurso histórico desde a independência em 1975. Cabo Verde clama hoje por mudanças profundas de paradigmas, métodos e processos, para se reinventar e poder prosseguir o seu percurso de progresso.

Missão, Visão, Valores e História do PP

RESGATE DA ARTE DA POLÍTICA

A POLÍTICA É UMA ARTE NOBRE.  Urge resgatá-la em todo o seu esplendor, para que os jovens a apreciem e estimem, e assim o país possa ter futuro.

MISSÃO

Servir os cabo-verdianos como uma opção política de causa voluntária e patriótica, baseada na ética, na democracia e na participação do cidadão nos negócios do Estado

VISÃO

Ser uma opção governativa credível e pragmática para aqui, agora e no futuro.

VALORES

Ética no exercício da política.

Transparência nos negócios públicos

Prestação de contas.

Responsabilização.

Participação do cidadão nos actos do Estado.

Eficiência e eficácia no uso dos recursos públicos.

Primazia da lei e das instituições democráticas sobre quaisquer outros factores de ordem informal.

HISTÓRIA

O Partido Popular de Cabo Verde (PP) foi criado em 2015 por um grupo de Homens Livres para combater o estado de calamidade político-institucional ao qual Cabo Verde vinha sendo levado por um sistema político dominado pelos dois partidos dominantes que, então como hoje mantêm prisioneira a sociedade cabo-verdiana, numa verdadeira ditadura partidária, apostando numa polarização e politização absolutamente nefastas da vida quotidiana dos cidadãos e que redundaram numa permanente e implacável erosão dos valores republicanos e de um verdadeiro Estado de Direito democrático.

Desde 2015 o PP pautou-se (e continua a pautar-se) pela defesa das causas que são do interesse da Nação e da República de Cabo Verde, de entre as quais destacam-se:

 A construção de um Cabo Verde livre, igualitário e fraterno;

 A luta contra a desigualdade social;

 A vigilância pela isenção e imparcialidade da Justiça;

 O combate à corrupção;

– O aprimoramento das instituições da República;

– A soberania nacional.

Saiba Mais…

Praça do Palmarejo

O processo judicial que consagrou como aceitável a transformação de um espaço público num espaço privado sem quaisquer contrapartidas para o bairro, para cidade e os seus habitantes, está na origem das reformas urgentes que o Partido Popular está propor na Petição da Esperança.

Há cidadãos que transcendem o período da sua existência física. O Dr. Felisberto Vieira Lopes é um deles, um dos maiores juristas destas ilhas (senão o maior deles). Mesmo com a saúde muito debilitada nos últimos meses da sua vida, pleiteou junto do Tribunal da Relação de Sotavento e do Tribunal Constitucional, com a bravura e o brilhantismo que sempre o caracterizaram, a contestação, por parte de um grupo de cidadãos, do negócio da transformação da Praça do Palmarejo num centro comercial.

Nesse processo ficaram evidentes omissões e lacunas muito graves que estão na base da falência do actual sistema político e judicial de Cabo Verde.

Subscreva a Nossa Newsletter: